O nosso

património vivo

Contrariamente à grande maioria do território alentejano, a paisagem agrícola da região de Amareleja divide-se em pequenas parcelas, ocupadas sobretudo por vinha e olival, por vezes ambos na mesma parcela – mantendo a histórica consociação, herdada da tradição romana.
É neste mosaico cultural e paisagístico que se encontram as nossas vinhas, em “courelas” – parcelas de terras cultivadas, compridas e estreitas – que foram sendo adquiridas de forma gradual, tendo em conta a recuperação e preservação das vinhas velhas e das castas nativas existentes.

É em homenagem à memória do trabalho e dedicação com que foram cultivadas, que as chamamos pelo nome dos seus antigos proprietários.